Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Primeira moeda social com cartão de débito é implementada em município Em Maricá, cidade fluminense, a Moeda Social Mumbuca vai transferir mensalmente o equivalente a R$ 70 para cerca de 13 mil famílias de baixa renda gastarem no comércio local conveniado

Agência Brasil

Publicação: 30/12/2013 13:15 Atualização: 30/12/2013 13:17

Rio de Janeiro – A primeira moeda social com cartão de débito do país foi implementada nesta segunda-feira (30/12) no município de Maricá, região dos Lagos do Rio de Janeiro. A Moeda Social Mumbuca vai transferir mensalmente o equivalente a R$ 70 para cerca de 13 mil famílias de baixa renda gastarem no comércio local conveniado.

O programa que será financiado pelos royalties do petróleo pretende fortalecer a economia da cidade e promover inclusão social para a faixa mais vulnerável da população. O prefeito de Maricá, Washington Quaquá explicou que à medida que os royalties aumentarem no município, o valor do benefício poderá chegar a R$ 300 até 2016.

Leia mais notícias em Economia


“As moedas sociais movimentam mensalmente cerca de R$ 300 mil em todo o país. Em Maricá esta moeda vai gerar R$ 900 mil por mês neste período inicial. Em 2016 deve movimentar cerca de R$ 6 milhões por mês”, comentou o prefeito ao adiantar que o programa deve atender 13.500 famílias até 2016. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Maricá tem cerca de 127 mil habitantes.

De acordo com Quaquá, o alto valor foi o que motivou a prefeitura a adotar o cartão eletrônico.“Isso acabou servindo de exemplo para o Brasil pois evita a possibilidade de fraude na emissão de moeda em papel”.

As moedas sociais já foram implementadas em outras cidades do país, como Fortaleza, mas a moeda é usada com cédulas em papel. O Instituto Banco Palmas que trabalha com práticas solidárias ganhou a licitação para gerenciar o sistema.

Além da moeda, a prefeitura pretende criar até maio de 2014, um banco para fazer empréstimos a baixo custo com política de qualificação e assistência técnica para os pequenos empreendedores interessados.

O cadastramento dos beneficiados continua aberto. Mais informações podem ser obtidas na página da Prefeitura.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.