Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Nomeação do novo presidente do Banco Central dos EUA será votada no Senado Janet Yellen promete manter as taxas de juros baixas até o desemprego diminuir para menos de 6,5%

Agência Brasil

Publicação: 04/01/2014 16:16 Atualização:

Washington - A nomeação de Janet Yellen para a presidência da Federal Reserve (FED) – Banco Central americano - será votada no Senado na segunda-feira (6). Inicialmente, o voto de confirmação de Yellen estava previsto para a semana antes do Natal, mas foi adiado devido a uma série de outras votações e a um desentendimento processual entre democratas e republicanos, no Senado.

A nomeação já foi aprovada na Comissão de Assuntos Bancários em 21 de novembro e a confirmação, pelo Senado, é a última etapa do processo. O mandato tem duração de quatro anos. Atual vice-presidente da Fed foi nomeada em 9 de outubro, pelo presidente Barack Obama, para suceder Ben Bernanke, que deixa o cargo no dia 31 de janeiro.

Em um discurso de balanço dos oito anos em que esteve à frente do Fed, Bernanke disse, ontem (3), que a recuperação econômica ainda está "incompleta". "Tomamos medidas extraordinárias para fazer face aos desafios econômicos extraordinários", disse, lembrando que o desemprego caiu para 7% depois de chegar a 10% em 2009, na sequência da greve crise que atingiu o país.

Leia mais notícias de Economia

"Muitos progressos foram feitos, mas há ainda muito por fazer", apontou Bernanke, que confirmou a intenção do FED de manter as taxas de juros baixas até o desemprego diminuir para menos de 6,5%.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas