publicidade

Governo faz levantamento de potenciais pontos de parada para caminhoneiros

E após o fim do impasse em torno da Lei do Descanso, ministério promete fiscalizar e agregar serviços públicos aos locais considerados como adequados ao descanso de motoristas de caminhões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 13/01/2014 09:08 / atualizado em 13/01/2014 09:24

Sílvio Ribas

O Ministério dos Transportes (MT) se armou para dar conta das demandas que vão surgir logo após o fim do longo impasse em torno da polêmica Lei do Descanso (12.619/2012), com foco em motoristas de caminhões. Seus técnicos levantaram ano passado junto a órgãos públicos, seguradoras e redes do varejo de combustíveis todos os dados disponíveis sobre potenciais pontos de parada na malha rodoviária federal — essenciais ao cumprimento dos intervalos obrigatórios de viagem, em vigor há 20 meses.

“A nova legislação provocou embate de interesses contrários. Enquanto a Casa Civil e o Congresso trabalham para encontrar uma saída, o ministério já se antecipou para facilitar a sua implementação”, explica Marcelo Cunha, diretor do departamento de informações do MT, ao Correio. Segundo ele, foram listados os 3,68 mil postos de combustíveis das BRs, com informações básicas de perfil, como se tem sanitário ou restaurante. A elas foram agregadas a localização em mapas virtuais e imagens da via.

Leia mais notícias em Economia

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade