publicidade

PSDB quer que Caixa esclareça incorporação de R$ 420 milhões de contas

O partido entrou com um pedido no MPF para que seja analisado se houve crime de gestão fraudulenta e ingressou com uma ação civil pública em defesa dos poupadores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 15/01/2014 08:42

Simone Kafruni

Gustavo Moreno/CB/D.A Press


A incorporação de R$ 420 milhões de contas de poupança encerradas ao lucro líquido da Caixa Econômica Federal, numa operação considerada irregular pelo Banco Central (BC) e pela Controladoria-Geral da União (CGU), forneceu combustível à oposição ao governo de Dilma Rousseff. O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, anunciou nessa terça-feira (14/1) que vai solicitar esclarecimentos ao que chamou de “mais uma lambança da Caixa”. O partido entrou com um pedido no Ministério Público Federal (MPF) para que seja analisado se houve crime de gestão fraudulenta e ingressou com uma ação civil pública em defesa dos poupadores.

A instituição financeira encerrou, em 2012, cerca de 500 mil poupanças com dados cadastrais irregulares, como CPFs cancelados ou pendentes de regularização com a Receita Federal. No total, essas contas somavam R$ 719 milhões, que, descontados os impostos, aumentaram o lucro líquido do banco em R$ 420 milhões no balanço contábil daquele ano.

Leia mais notícias em Economia

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade