publicidade

Fundador do Cliquefarma: remédios na internet estão 16% mais baratos

Diferença de preço é vantajosa principalmente para as pessoas que fazem uso contínuo de um medicamento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 16/01/2014 14:25

Fernanda Borges

Comprar remédios pela internet está mais em conta em algumas farmácias de Minas Gerais. A diferença verificada foi de 16% entre preços praticados pela internet e lojas físicas da mesma rede, isto é, uma mesma empresa vende o mesmo remédio 16% mais barato em seu canal de vendas on-line do que no varejo tradicional. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo Cliquefarma ( http://www.cliquefarma.com.br ), comparador gratuito de preços de remédios.

“Os preços dos medicamentos na internet são mais baratos do que em lojas físicas em todo o Brasil. Em Minas Gerais, identificamos uma diferença de preço de 16%. Essa diferença de preço é vantajosa principalmente para as pessoas que fazem uso contínuo de um medicamento, pois podem comprar com antecedência e aproveitar os descontos oferecidos na internet. A dica para economizar ainda mais é comparar sempre”, afirma Ângelo Alves, fundador do Cliquefarma.

Leia mais notícias em Economia

O estudo tem como base preços de dez remédios verificados em quatro drogarias, sendo três em Belo Horizonte e uma em Montes Claros – Drogaria Pacheco, DrogaRaia, Drogaria Minas Brasil e Drogaria Primus – tanto em lojas físicas quanto virtuais.

O preço do Torsilax (30 cápsulas), por exemplo, chega a variar 58%. Nas farmácias ele foi encontrado por R$ 19,24 (com desconto) e na loja virtual custa, em média, R$ 12,16.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade