publicidade

Crédito imobiliário atinge recorde em 2013 com financiamento de R$ 109 bi

Em relação a 2012, a alta foi de 32%, segundo a associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 21/01/2014 12:58

Agência Brasil

São Paulo - O crédito imobiliário atingiu novo recorde em 2013 com volume de financiamento em R$ 109,2 bilhões, o que representa alta de 32% sobre o volume de 2012. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (21/1) pela Abecipe (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) e o avanço superou em duas vezes o projetado pela entidade no início do ano passado (15%).

Na avaliação do presidente da Abecipe, Octávio de Lazari Júnior, o bom desempenho foi obtido pela manutenção do emprego e renda do trabalhador, além da maior de crédito. Ele prevê que o Brasil vai continuar tendo capacidade de gerar crédito imobiliário e projeta que o volume vá praticamente dobrar, nos próximos 5 anos, passando dos atuais 8% do PIB para 15%.

Leia mais notícias em Brasil

Os dados da Abecipe também indicam que a captação líquida das cadernetas de poupança do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiu R$ 54,3 bilhões com aumento de 46%, na comparação com 2012. Já o saldo cresceu 20%, alcançando R$ 467 bilhões. Entre janeiro e dezembro de 2013 foram financiados 529,8 mil imóveis, 17% a mais que no ano anterior.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade