Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

BNDES volta ao mercado europeu e consegue captar 650 milhões de euros A operação foi a primeira deste ano. O último título do BNDES emitido na moeda foi lançado em 2010

Agência Brasil

Publicação: 22/01/2014 19:46 Atualização:

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) concluiu com sucesso uma captação de 650 milhões de euros em títulos no mercado internacional, com vencimento em janeiro de 2019, segundo anúncio feito nesta quarta-feira (22/1) pelo banco. A operação foi a primeira deste ano e marcou o retorno da instituição ao mercado de euros. O último título do BNDES emitido nessa moeda foi lançado em 2010.

Números preliminares, divulgados em dezembro passado, indicavam que as liberações do BNDES atingiram em torno de R$ 190 bilhões em 2013, mostrando crescimento de 22% em relação aos R$ 155,99 bilhões desembolsados no ano anterior. Os recursos captados agora serão adicionados ao orçamento do banco.

O chefe do Departamento da Área Internacional do BNDES, André Luiz Carvalhal, disse à Agência Brasil que os recursos de transações externas são direcionados para exportação e investimentos em setores que também demandam recursos em moeda estrangeira. "São orçamentos segregados”, informou.

Leia mais notícias em Economia

De acordo com informação da assessoria de imprensa do BNDES, o custo da transação é o menor já pago pelo banco em euros. Fazendo uma comparação com dólares, Carvalhal explicou que o custo ficou 0,3% mais barato do que se a operação tivesse sido feita no mercado norte-americano. “Se eu tentasse captar no mercado norte-americano, eu pagaria mais caro”, resumiu. O BNDES pagará aos investidores taxa de 3,783% ao ano.

Mais de 190 investidores de diversos países participaram do processo de formação de preço dos papéis, cuja demanda superou 1,8 bilhão de euros. Do total de investidores que responderam pela alocação final, 88% eram europeus. A operação foi coordenada pelos bancos Deutsche Bank, JP Morgan e Santander e teve participação do Banco do Brasil e do Mitsubishi UFJ Securities.

André Luiz Carvalhal informou que o BNDES não tem, no momento, nenhuma outra captação em vista. “A gente monitora o mercado. Começamos o ano com uma captação bem-sucedida e, agora, a gente vai verificar qual é a demanda adicional. Temos algumas alternativas em vista, mas nenhum objetivo de curto prazo”, disse.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas