Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Déficit nas contas externas é maior que investimentos estrangeiros diretos Esses investimentos totalizaram US$ 64,045 bilhões, o que correspondeu a 2,88% do PIB. O resultado é menor que o de 2012, quando totalizou US$ 65,272 bilhões (2,90% do PIB)

Agência Brasil

Publicação: 24/01/2014 13:16 Atualização:

Os investimentos estrangeiros diretos (IED) no país, que vão para o setor produtivo da economia, não foram suficientes para financiar o déficit das contas externas, em 2013, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (24/1) pelo Banco Central (BC).

Quando o país tem déficit em transações correntes, precisa encontrar fontes para financiar o resultado negativo. O IED é considerado a melhor forma de financiamento por ser de longo prazo, mas há também investimentos estrangeiros em ações, títulos de renda fixa e empréstimos.

Leia mais notícias em Economia

Esses investimentos totalizaram US$ 64,045 bilhões, o que correspondeu a 2,88% do PIB (Produto Interno Bruto). O resultado é menor que o de 2012, quando totalizou US$ 65,272 bilhões (2,90% do PIB). Já o saldo negativo das transações correntes (compras e vendas de mercadorias e serviços do país com o resto do mundo) ficou em US$ 81,374 bilhões, recorde na série histórica do BC, iniciada em 1947. O déficit corresponde a 3,66% de tudo que o país produziu em 2013, pior resultado desde 2001 (4,19%).

Apesar disso, o chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernando Rocha, destacou que o déficit em transações correntes “foi majoritariamente financiado pelo ingresso de investimento estrangeiro direto, que são capitais de longo prazo”.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas