publicidade

Banco Central acompanha atentamente crise econômica na Argentina

Na quinta-feira (23/1), pelo segundo dia consecutivo, o peso argentino sofreu forte desvalorização

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/01/2014 13:47

Agência Brasil

O Banco Central (BC) acompanha atentamente as condições econômicas na Argentina, que passa por crise cambial, disse o chefe adjunto do Departamento Econômico da instituição, Fernando Rocha. “A Argentina é um importante destino das exportações brasileiras e o Banco Central acompanha atentamente o desenvolvimento das condições econômicas gerais”.

Ao ser questionado se o BC pretende agir contra algum “contágio” da crise no Brasil, Rocha disse que eventuais ações serão comunicadas pela diretoria. Ele acrescentou que a economia brasileira tem fundamentos externos sólidos, “traduzidos na magnitude das reservas internacionais” e lembrou que o Brasil é credor líquido em moeda estrangeira.

Leia mais notícias em Economia

Na quinta-feira (23/1), pelo segundo dia consecutivo, o peso argentino sofreu forte desvalorização. No câmbio oficial, o dólar chegou a ser vendido a oito pesos (12% mais caro que na véspera). Somente em janeiro, a moeda argentina perdeu 22,7% de seu valor. Foi a maior desvalorização registrada em um mês, desde março de 2002, quando o país saía da pior crise de sua história recente.

publicidade

publicidade