publicidade

Presidente do BCE comemora melhora "espetacular" dos mercados financeiros

Segundo Draghi, os mercados financeiros experimentaram melhora desde a metade de 2012, quando a crise alcançou seu ponto culminante na zona do euro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/01/2014 17:08

France Presse

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, comemorou nesta sexta-feira (24/1) em Davos a melhora "espetacular" que, segundo ele, os mercados financeiros experimentaram desde a metade de 2012, quando a crise alcançou seu ponto culminante na zona do euro.

Draghi disse no Fórum Econômico Mundial que "a melhora foi espetacular" desde que, em julho de 2012, afirmou que a instituição que preside estava "pronta para fazer todo o necessário a fim de preservar o euro. E acreditem, será suficiente".

Naquele momento, as declarações geraram confiança nos mercados financeiros, muito nervosos com a dívida pública dos países mais endividados da zona do euro e sua coesão.

Desde então, os mercados saíram pouco a pouco do marasmo causado pela crise da dívida, detonada na Grécia no final de 2009, à medida que a economia se recuperava.

Leia mais notícias em Economia

Tudo isso, contando com que o BCE estaria disposto a intervir maciçamente comprando dívida pública dos países mais afetados (Espanha, Itália), para preservar a unidade da zona do euro.

Apesar do tímido crescimento na zona do euro, a situação atual pede prudência, ponderou Draghi.

"Estamos vendo o começo de uma recuperação (econômica) que continua sendo frágil", declarou, destacando que o desemprego continua sendo alto e alguns países da zona do euro ainda têm dificuldades para se reformar.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade