publicidade

Subsistemas de energia elétrica voltam a bater recorde de demanda

Foram demandados 85.708 MWm, recorde batido às 15h41, quando foi superada a demanda instantânea de terça-feira (4/2), 84.331 MWm

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 07/02/2014 16:24

Agência Brasil

A continuidade da onda de calor que vem afetando praticamente todo o país fez com que, do ponto de vista energético, a primeira semana de fevereiro terminasse como começou: com os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Sul voltando a bater recordes de demanda instantânea de energia ao Sistema Interligado Nacional.

Graças à continuidade das altas temperaturas e dos índices de desconforto térmico na hora de maior insolação, os subsistemas Sul e Centro-Oeste fecharam nessa quinta-feira (6/2) o dia superando os resultados anteriores: às 15h47, foram oferecidos 51.261 megawatts médios (MWm) no Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, recorde em relação aos 51.187 MWm demandados na quarta-feira; no Subsistema Sul, a demanda instantânea alcançou 17.971 MWm, índice verificado às 14h29. O recorde anterior havia ocorrido também na quarta-feira, quando o índice atingiu 17.771 MWm.

Leia mais notícias em Economia

Na edição especial do Boletim Mensal de Carga, divulgada ontem, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) também informou uma nova quebra do recorde de demanda instantânea de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional para o total do país na última quarta-feira (5/2). Foram demandados 85.708 MWm, recorde batido às 15h41, quando foi superada a demanda instantânea de terça-feira (4/2), 84.331 MWm. Nesse caso, foi o segundo recorde registrado em uma mesma semana.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade