publicidade

Previsões apontam que moeda norte-americana pode chegar a R$ 2,60

Técnicos do governo evitam se arriscar em previsões, mas os especialistas do mercado são unânimes em apontar a escalada da moeda como a trajetória mais provável em 2014

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 09/02/2014 08:00 / atualizado em 09/02/2014 08:47

Deco Bancillon

Vanderlei Almeida/AFP


As turbulências nos mercados internacionais e os efeitos dessa crise sobre moedas de países emergentes despertam uma dúvida que preocupa especialistas em finanças e turistas com viagem marcada para o exterior: afinal, para onde vai o dólar? A resposta não é simples. Mas, a julgar pelo comportamento recente da divisa, tudo leva a crer que o câmbio ainda deverá ser um problema para quem pensa em sair do país neste ano.

Técnicos do governo evitam se arriscar em previsões, mas os especialistas do mercado são unânimes em apontar a escalada da moeda como a trajetória mais provável em 2014. “Até o fim de março, o dólar deve bater em R$ 2,50. Depois, mesmo que em algum momento ele oscile para baixo, voltará a subir até fechar o ano em R$ 2,60”, aposta o economista-chefe da NGO Corretora, Sidnei Nehme.

Leia mais notícias em Economia

O governo teme que a valorização da divisa norte-americana frente o real possa estimular a remarcação de preços pelo comércio, pressionando ainda mais o custo de vida. Isso tornaria mais difícil a missão do Banco Central (BC) de controlar a inflação, que, há quatro anos, está acima do centro da meta de 4,5% ao ano.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

publicidade

publicidade