publicidade

IBGE prevê aumento de 3% na safra agrícola deste ano em comparação com 2013

O arroz, o milho e a soja representam juntos 92,5% da estimativa da produção nacional e respondem por 85,5% da área a ser colhida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 11/02/2014 12:07

Agência Brasil

A safra agrícola nacional deve chegar a 193,9 milhões de toneladas este ano, superando em 3% a colhida em 2013, de 188,2 milhões de toneladas. A estimativa de janeiro do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola foi divulgada nesta terça-feira (11/2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e mostra ainda que a área a ser colhida em 2014 deve somar 55 milhões de hectares, 4,2% maior do que a do ano passado, de 52,8 milhões de hectares.

De acordo com o IBGE, o arroz, o milho e a soja representam juntos 92,5% da estimativa da produção nacional e respondem por 85,5% da área a ser colhida. Em relação a 2013, há um acréscimo na área a ser colhida de 1% para o arroz e de 6,4% para a soja. Para o milho, a estimativa é que haja queda de 1,2%. Para a produção de arroz, a expectativa é ocorra um acréscimo de 6,3% e para a soja, de 11,7%. No caso do milho, a estimativa é a de 6% de queda na produção.

Leia mais notícias em Brasil

Entre os 26 produtos selecionados para o Levantamento da Produção Agrícola, 12 tiveram variação positiva na primeira estimativa do ano, na comparação com o ano passado. Os destaques foram o algodão herbáceo em caroço (12,2%), arroz em casca (6,3%), batata-inglesa 1ª safra (1,4%), batata-inglesa 2ª safra (4,9%), feijão em grão 1ª safra (62,3%) e mamona em baga (365,9%).

O levantamento mostra ainda que o volume da produção de cereais, leguminosas e oleaginosas deve chegar a 79,1 milhões de toneladas no Centro-Oeste, a 73,1 milhões do Sul, a 19,8 milhões no Sudeste, a 16,7 milhões no Nordeste e a 5,2 milhões de toneladas no Norte.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade