Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vendas de smartphones superam as de telefones celulares simples em 2013 Segundo estudo, Do total de 1,8 bilhão de telefones vendidos em 2013, 53,6% foram smartphones

France Presse

Publicação: 13/02/2014 10:52 Atualização:

Paris - As vendas mundiais de smartphones superaram em volume as de telefones celulares normais em 2013 graças aos resultados da sul-coreana Samsung, segundo um estudo da empresa Gartner publicada nesta quinta-feira (13/2).

Do total de 1,8 bilhão de telefones vendidos em 2013, 53,6% (967,8 milhões) foram smartphones, 42,3% a mais que um ano antes. E do total dos smartphones, 758,7 milhões estavam equipados com o sistema de navegação criado pelo Google, Android. O fabricante sul-coreano Samsung é o líder absoluto desta corrida, com cerca de 300 milhões de smartphones vendidos, quase um terço do mercado (31%), à frente da Apple, que vendeu 150 milhões de aparelhos, 15,6% do mercado.

Leia mais notícias em Economia

A parcela de mercado da Apple caiu quase quatro pontos em 2013, mas a assinatura recente de acordos de distribuição com o japonês NTT Docomo e com a China Mobile podem ter um impacto nas vendas do gigante de Cupertino já no primeiro trimestre de 2014, afirma Gartner. A chinesa Huawei, a maior fabricante de equipamento de redes, decidiu entrar no mercado de telefones celulares e já assumiu a terceira posição, com 46 milhões de smartphones vendidos (4,8% do mercado), à frente do sul-coreano LG Electronics.

Na quinta posição aparece a chinesa Lenovo, que acaba de comprar a Motorola do Google com o objetivo de assumir a terceira posição da classificação, atrás apenas da Samsung e da Apple. "Esta compra também fornecerá à Lenovo a proteção de suas patentes e lhe permitirá experimentar um rápido crescimento mundial", explica o analista da Gartner Anshul Guptal, citado no comunicado.

A Samsung também é a primeira vendedora de telefones celulares, à frente da finlandesa Nokia. Os smartphones seguirão puxando as vendas do setor em 2014, segundo Gartner, que espera que muitos fabricantes revisem suas ofertas para se concentrar em produtos mais baratos.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas