Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Prazo de inscrição a 1.547 vagas abertas em concursos termina nesta semana Esta segunda-feira (17) é o último dia para inscrições em 693 vagas, entre elas, as oferecidas pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal

Guilherme Araújo

Publicação: 17/02/2014 08:23 Atualização: 17/02/2014 10:23

A goiana Janaína Ponci fez a prova para a Polícia Federal ontem em Brasília. Se não passar, tentará novamente (Ed Alves/CB/D.A Press)
A goiana Janaína Ponci fez a prova para a Polícia Federal ontem em Brasília. Se não passar, tentará novamente

Os brasileiros que sonham em ingressar no serviço público podem aproveitar as 30.868 vagas abertas em concursos nacionais, estaduais e municipais em todo o país. As pessoas com nível de ensino médio ou superior, que ainda não se candidataram a uma dessas oportunidades, devem ficar atentas ao calendário. Esta segunda-feira (17) é o último dia para inscrições em 693 vagas, entre elas, as oferecidas pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), que oferece 68 postos de técnico e analista de administração pública, além de auditor de controle externo. A remuneração chega a R$ 12.401,38. Os cadastros podem ser feitos no site www.cespe.unb.br/concursos, ao custo de R$ 80 ou R$ 110. Na terça-feira (18) expira o prazo para quem quer concorrer às 100 vagas de nível médio abertas pela Aeronáutica. E, durante a semana, encerram-se outras 1.547 oportunidades.

Enquanto alguns se preparam, outros já estão na arena. Ontem, em Brasília, concorrentes vindos de várias unidades da federação fizeram as provas seletivas da Polícia Federal. Nem o dia chuvoso desanimou os candidatos que saíram de suas casas para tentar abocanhar uma das 566 vagas ofertadas. Foi o caso do estudante Paulo Bezerra Nobre, 23 anos. Ele é do Ceará e chegou à capital federal no sábado para arriscar a tão sonhada vaga. Ele quer se tornar administrador da corporação, cuja remuneração varia de R$ 4.039,32 a R$ 5.081,18. O cearense estuda desde 2011, mas, mesmo assim, sentiu dificuldades nas questões de administração orçamentária. “Foi uma das matérias mais difíceis que caiu na prova”, observou.

Leia mais notícias em Economia 

Nobre não sentiu a mesma dificuldade na redação, cujo tema foi administração estratégica. “Achei bem coerente com o restante da prova. Tudo a ver com o cargo para o qual estou disputando. Não foi difícil”, avaliou Nobre. Sabendo da grande concorrência, o estudante voltou ontem mesmo para seu estado já pensando nos próximos concursos. “Se eu não passar nesse, faço outro. O importante é arriscar”, disse. Os concurseiros que concorreram para as vagas destinadas aos especialistas em serviço social ficaram contentes com a quantidade de desistência.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas