Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cerca de 27 milhões de pessoas devem declarar os rendimentos até abril Serviço será ampliado para dispositivos móveis, como tablets e smartphones

Bárbara Nascimento

Publicação: 21/02/2014 12:30 Atualização: 21/02/2014 14:16

A Receita Federal estima que 27 milhões de pessoas vão declarar o Imposto de Renda em 2014, 1 milhão a mais do que em 2013. Neste ano, o Fisco anuncia duas novidades: a declaração pré-preenchida e a ampliação dos serviços para dispositivos móveis, como tablets e smartphones. As possibilidades, no entanto, têm restrições.
A declaração pré-preenchida possibilita que o contirbuinte recupere um arquivo que trará informações relativas a rendimentos, deduções, bens, direitos e dívidas. Dessa forma, o cidadão só terá que conferir se está tudo correto e acrescentar o que quiser. A novidade, no entanto, é somente para quem possui certificado digital, um documento eletrônico que garante proteção às transações online. A Receita estima que pelo menos um milhão de pessoas utilize o recurso.

Já o universo de contribuintes que poderão utilizar os dipostivos móveis para preencher e enviar a declaração é maior: 90% dos 27 milhões de pessoas estimadas para declarar o IR este ano poderão fazê-lo pelos tablets e smartphones. Os outros 10% ainda estão inclusos em algum caráter de restrição: pessoas que fizeram doações, quem têm rendimentos recebidos acumuladamente ou vindos do exterior e quem precisa importar valores dos aplicativos auxiliares, como o carnê-leão utilizado por autônomos.

Leia mais notícias em Economia

No ano passado as restrições eram ainda maiores e os dispositivos móveis só incluiam cerca de 5 milhões de declarantes. "O foco principal é aperfeiçoar os programas com o objetivo de simplificar o processo para o contribuinte", explicou o secretário geral da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto.

Entenda
Deverá declarar neste ano quem teve rendimentos tributáveis superiores a R$ 25.661,70 no ano passado. Também são obrigados a prestar contas ao Leão quem tinha, em 31 de dezembro de 2013, rendimentos isentos (como a poupança) superiores a R$ 40 mil reais ou patrimônio acima de R$ 300 mil.

O valor de dedução para dependentes neste ano é de R$ 2.063,64. Já os valores com gastos com educação podem ser deduzidos até o teto de R$ 3.230,46. Os custos com gastos médicas não têm teto para abatimento. A Receita ressalta que quem não declarar dentro do prazo fica sujeito à multa de 1% ao mês ou R$ 165,74, o que foi maior.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.