Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Contribuinte poderá recuperar arquivo enviado para a Receita No ano passado, sete milhões de contribuintes usaram dispositivos móveis para enviar a declaração, informou o Secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto

Agência Brasil

Publicação: 21/02/2014 13:47 Atualização: 21/02/2014 13:53

Novidade na declaração do Imposto de Renda de 2014 é que o contribuinte poderá recuperar o arquivo enviado para a Receita Federal por meio de dispositivos móveis: estes ficarão disponíveis em nuvem [em computadores que não são do usuário, mas localizado no Serviço Federal de Processamento de Dados Serviço - Serpro]. O contribuinte poderá preencher e não enviar até obter todos os dados disponíveis. É importante destacar que as fontes pagadoras têm até o dia 28 de fevereiro para fornecer todas as informações para o contribuinte sob pena de multa.

“O contribuinte poderá preencher a declaração em trânsito no aeroporto, na praia ou na piscina e, depois, confirmar os dados”, disse Carlos Roberto Occaso, subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita Federal.

Outra novidade é que o contribuinte poderá utilizar as fontes pagadoras e os planos de saúde arquivos eletrônicos para transferir informações para a declaração sem a necessidade da digitação dos dados. “Isso evitará erros no preenchimento da declaração”, disse Occaso.

Leia mais notícias em Economia

No ano passado, sete milhões de contribuintes usaram dispositivos móveis para enviar a declaração, informou o Secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto. Segundo ele, 90% dos contribuintes podem fazer a declaração através desses aplicativos.

“Vocês podem divulgar bastante para ajudar as pessoas a aderir a essas plataformas móveis. As restrições são muito pequenas agora.”, disse o Secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto. Para utilizar os aplicativos para dispositivos móveis [tablets e smartphones] para sistemas operacionais Android e IOS (Apple). [Recuperar link matéria anterior].

Hoje, a Receita Federal publicou no Diário Oficial da União a instrução normativa que estabelece as regras para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2014, que começa no dia 6 de março. O prazo final será o dia 30 de abril em 2014. A multa mínima para quem não entregar no prazo é R$ 165,00.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.