Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Wall Street fecha em alta em meio ao otimismo dos investidores Dow Jones Industrial Average aumentou 105,83 pontos a 16.209,13 e o Nasdaq, de dominante tecnológico, subiu 29,56 pontos a 4.292,99, seu nível mais alto desde abril de 2000

France Presse

Publicação: 24/02/2014 19:10 Atualização:

Nova York - A Bolsa de Nova York subiu liquidamente nesta segunda-feira (24/2), impulsionada pelo otimismo dos investidores sobre o crescimento da economia e das empresas norte-americanas: o Dow Jones ganhou 0,66% e o Nasdaq, 0,69%.

O Dow Jones Industrial Average aumentou 105,83 pontos a 16.209,13 e o Nasdaq, de dominante tecnológico, subiu 29,56 pontos a 4.292,99, seu nível mais alto desde abril de 2000.

O índice ampliado S&P 500 subiu 0,62% (+ 11,36 pontos), fechando em 1.847,61 pontos, muito perto de seu recorde histórico (1.848,38 pontos, alcançado dia 15 de janeiro).

O mercado se nutre do estímulo de alguns grandes nomes da bolsa como Facebook, Tesla, eBay ou Netflix, segundo Michael James da Wedbush Securities. A alta dessas ações estrela chamam a atenção e alimentam a ideia de "que o mercado de ações norte-americano é o lugar onde se deve estar atualmente".

A praça nova-iorquina se orientou decididamente em alta depois de fechar, na semana passada, no negativo. "Wall Street muda facilmente de humor neste momento", comentou Alan Skrainka, da Cornerstone Wealth Management. A pequena correção observada no começo do ano parece ter ficado para trás, segundo o analista.

"Janet Yellen (a nova presidente do Federal Reserve norte-americano) realmente tranquilizou os mercados, dizendo que a economia é suficientemente sólida para suportar uma redução da ajuda do banco central", destacou.

Leia mais notícias em Economia

"Saímos da temporada de resultados sem muita agitação. Os investidores pensam que a economia e os resultados das empresas serão reforçados à medida que o ano avance. Não seria razoável que um investidor de longo prazo apostasse atualmente contra o mercado", acrescentou Skrainka.

Para os analistas do Charles Schwab, os índices norte-americanos também foram sustentados "por uma série de anúncios de empresas" como o acordo entre o serviço de vídeo para assinantes Netflix com o operador de cabo Comcast, que permite a seus clientes ter um fluxo mais ágil, ou a oferta da rede de roupas para homens Men's Wearhouse a Jos A. Bank.

O conglomerado norte-americano General Electric investirá 10 bilhões de dólares adicionais em energias renováveis e nas energias limpas até 2020, anunciou nesta segunda-feira um porta-voz à AFP.

O mercado de títulos caiu levemente. O rendimento dos títulos do Tesouro a 10 anos subiu a 2,750% contra 2,734% na noite de sexta-feira e o dos títulos a 30 anos a 3,711% contra 3,696% no último fechamento.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.