publicidade

Dívida pública recua 3,6 % para R$ 2,04 trilhões, em janeiro

A redução em termos nominais, que inclui os endividamentos interno e externo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 25/02/2014 18:22

Guilherme Araújo

A exigência de altas taxas de juros por investidores no último leilão de janeiro fez com que o governo federal deixasse de emitir títulos em grande quantidade. A medida reduziu a Dívida Pública Federal (DPF) em 3,6 % entre dezembro de 2013 e janeiro deste ano.

Leia mas notícias em Economia

A redução em termos nominais, que inclui os endividamentos interno e externo, caiu para R$ 2,046 trilhões. O recuo, segundo o governo, se deu por conta do vencimento de títulos públicos (divida que o governo pagou) acima do volume de emissões (novas dividas emitidas pelo governo) orçados em R$ 100 bilhões.

O anúncio do relatório mensal da DPF foi feito hoje pela Secretaria do Tesouro Nacional, vinculada ao Ministério da Fazenda.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade