Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Inverno influenciou a desaceleração da economia dos Estados Unidos, diz FED 'Parte dessa fragilização reflete, sem dúvida, condições meteorológicas desfavoráveis, mas por enquanto é difícil avaliar mais precisamente as coisas', declarou a presidente do FED, Janet Yellen

France Presse

Publicação: 27/02/2014 15:07 Atualização: 27/02/2014 15:46

Washington - A presidente do Federal Reserve (Fed), Janet Yellen, considerou nesta quinta-feira (27/2) que os sinais de enfraquecimento da economia norte-americana constatados nas últimas semanas são, sem dúvida, consequência das duras condições do inverno.

Durante uma audiência em um comitê do Congresso, Yellen falou sobre a desaceleração do consumo "de um mês a seis semanas", mas também a indicadores medíocres sobre o mercado de trabalho e do setor imobiliário.

"Parte dessa fragilização reflete, sem dúvida, condições meteorológicas desfavoráveis, mas por enquanto é difícil avaliar mais precisamente as coisas", declarou Yellen aos senadores.

Leia mais notícias em Economia

Ela considerou, contudo, que seria necessário "uma mudança significativa" das perspectivas econômicas para que o Fed decida fazer uma pausa na redução de sua ajuda à economia.

"Nas próximas semanas, meus colegas e eu vamos estar muito atentos aos sinais que indiquem se a recuperação continua como o previsto", acrescentou. "Não quero tirar conclusões apressadas".

Confiante na recuperação da economia, o Fed começou, em dezembro, a reduzir progressivamente suas injeções de liquidez no sistema financeiro, que atualmente alcançam os 65 bilhões de dólares mensais e deveriam acabar "no outono" (no hemisfério norte), segundo Yellen.

Por outro lado, respondendo a uma pergunta de um congressista, Yellen disse que "o Fed não tem autoridade sobre o bitcoin", acrescentando que "é uma ferramenta inovadora de pagamento que opera fora do sistema bancário", por isso "não é fácil regulamentá-la".

Como consequência, sugeriu aos congressistas que estudem o caso.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas