publicidade

Tribunal de Milão absolve quatro grandes bancos internacionais

As instituições enfrentavam um processo pela venda de produtos derivados na cidade de Milão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 07/03/2014 11:19

France Presse

Milão - O tribunal de apelação de Milão absolveu nesta sexta-feira (7/3) quatro grandes bancos internacionais - Deutsche Bank, Depfa Bank, JP Morgan e UBS - em um processo pela venda de produtos derivados na cidade de Milão, informou uma agência italiana.

Os juízes revogaram a decisão de um tribunal de primeira instância que em dezembro de 2012 condenou estes quatro bancos a pagar uma multa de um milhão de euros e ordenou o confisco de um total de 89 milhões de euros. Os nove funcionários condenados inicialmente a penas de liberdade condicional também foram absolvidos, segundo a decisão do tribunal.

Leia mais notícias em Economia

A investigação começou em maio de 2010 após uma denúncia apresentada pela prefeitura de Milão, que assinou em 2005 um empréstimo de bônus de 1,68 bilhão de euros. Este empréstimo também contava com produtos derivados complexos, que elevaram o custo final. A administração milanesa fechou posteriormente um acordo financeiro com os bancos, em troca de renunciar às questões legais, embora o processo judicial tenha prosseguido.

Os quatro bancos, que recorreram da sentença do tribunal de primeira instância, alegaram sempre sua inocência, enquanto a justiça os acusava de dissimular o risco destes produtos derivados, dos quais teriam obtido um lucro ilícito de 100 milhões de euros.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade