publicidade

Agricultura decreta emergência nos cafezais por causa da broca-do-café

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 13/03/2014 15:59

Agência Brasil

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento decretou nesta quinta-feira (13/3) estado de emergência nas lavouras de café de Minas Gerais, estado que concentra a maior área plantada do grão no país. Segundo portaria publicada no Diário Oficial da União, o motivo é o ressurgimento da praga hypothenemus hampei, popularmente conhecida como broca-do-café. A praga causa o apodrecimento dos grãos e compromete a qualidade do produto. O ministério fará uma ação de contingência para evitar que o problema atinja outras regiões.

Leia mais notícias em Economia

De acordo com a portaria, as justificativas para decretar situação de emergência são “a gravidade, pelo ciclo curto e grande capacidade de proliferação [da praga]; a baixa capacidade de resposta, pela ausência de alternativas eficientes para seu manejo; e os efeitos sobre a economia agropecuária”. O estado emergencial terá duração de um ano e envolverá medidas em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e com a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade