Economia
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Barroso pede informações ao governo para decidir sobre correção do IR Atualmente, está isento quem ganha até R$ 1.787, cerca de 75 milhões de brasileiros

Agência Brasil

Publicação: 14/03/2014 20:40 Atualização:

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu informações à Presidência da República e ao Congresso Nacional para julgar a ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que trata da correção da tabela do Imposto de Renda (IR). Após receber a manifestação dos órgãos, o ministro vai analisar os argumentos apresentados pela entidade.

Na ação, a OAB pede que o Supremo determine a correção da tabela para os isentos do pagamento de imposto de renda de pessoa física segundo a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A entidade alega que há defasagem acumulada de 61,24% no cálculo durante o período de 1996 a 2013, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Leia mais notícias em Economia

Atualmente, está isento quem ganha até R$ 1.787, cerca de 75 milhões de brasileiros, segundo cálculo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se a correção acompanhasse a inflação, a isenção atingiria os que ganham até R$ 2.758, aumentando em 8,5 milhões o número dos que não pagam o imposto de renda.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Paulo Costa
Outro título: "LULA" Barroso é convocado ao Palácio, ora ocupado pelo Partido das Trevas, p/ receber as ordens p/ repasse aos demais Ministros do "puxadinho" controlado pelos PeTralhas: Lewando, PToffoli, PTeori, PTRosa Weber. "Tudo está perdido qdo uma corporação exerce os Três Poderes" Montesquieu. | Denuncie |

Autor: Paulo Costa
Poderíamos mudar o título do artigo, que tal: "LULA" Barroso, Ministro integrante do "puxadinho" do Palácio do Planalto/STF, ouvirá os PeTralhas do Partido das Trevas para decidir o que eles desejam e querem que conste em "sua" Decisão'. Afinal, ele tem que agradar e retribuir aos q lhe empregaram. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas