Economia
  • (8) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pesquisa mostra que 61% dos brasileiros estão sofrendo com alta de preços Pesquisa do instituto Data Popular mostra que a disparada nos preços dos alimentos corrói o orçamento e obriga, cada vez mais, as famílias a recorrerem a promoções e à troca de marcas para manter o poder de compra

Diego Amorim

Publicação: 21/03/2014 06:00 Atualização:

 O segurança Jacinto Lopes percorre vários supermercados antes de consumir, mesmo assim reclama da alta (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O segurança Jacinto Lopes percorre vários supermercados antes de consumir, mesmo assim reclama da alta

Sem dar ouvidos aos discursos oficiais e pouco interessados se o índice de inflação está ou não dentro da meta do governo, os brasileiros andam mesmo apreensivos com o incontestável aumento de preços nas prateleiras. Para pôr comida na mesa, as famílias têm sido obrigadas a mudar hábitos e a se sacrificar mais do que antes. Este mês, a seca castigou as lavouras e o bolso do consumidor: hortaliças, legumes e frutas, principalmente, não param de encarecer.

Pesquisa do instituto Data Popular divulgada com exclusividade para o Correio comprova a inquietação do consumidor na hora de ir às compras. Os alimentos lideram a lista de grupos de despesas que mais subiram de preço, na percepção dos entrevistados. Para 61% deles, os reajustes nesta cesta de produtos foram os que mais incomodaram no último ano. Em seguida, a maior parte dos brasileiros diz ter sentido a inflação em itens de limpeza (59%), de educação (56%) e em roupas (52%).

Leia mais notícias de Economia

Não há como fugir da avaliação de que o dinheiro das famílias está mais contado neste início de 2014. “O que estamos vivendo é resultado de um processo em que os salários não conseguem acompanhar os preços dos produtos, que seguem encarecendo a uma velocidade significativa”, comenta o diretor do instituto, Renato Meirelles. A pesquisa escutou 2.017 pessoas em 53 municípios espalhados por todas as regiões do país.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (8) comentários

Autor: Rogério Galhardi
Nossa! Haja coxinha por aqui, comentando... | Denuncie |

Autor: José Ferreira Ferreira
Dilma, tome uma atitude. Não deixe a peteca cair. As eleições estão chegando. | Denuncie |

Autor: danie rodrigues cruz
OS EMPRESÁRIOS GOLPISTAS AMIGOS DOS BICUDOS ESTÃO AUMENTANDO OS PREÇOS PARA DIZER QUE TEM INFLAÇÃO SÓ PARA ENGANAR O POVÃO, POIS NO GOV DOS BICUDOS A INFLAÇÃO FOI MAIOR... | Denuncie |

Autor: Fabio Ronan
Tá tudo muito caro. Se tivessem me entrevistado acho que a pesquisa já daria 62%... | Denuncie |

Autor: Guilherme Vasconcellos
Situação está feia mesmo... Este ano tem eleições... Vamos ver se o povo brasileiro vai tentar reverter a situação... Brasil, país corruPTo... | Denuncie |

Autor: Adriana Silva
O índice de inflação pode até está dentro da meta do governo, mas, certamente, não está dentro do apertado orçamento do trabalhador brasileiro que não se enquadra no padrão de vida do alto escalão do serviço público. | Denuncie |

Autor: José A. S. Neto
Só uma perguntinha: QUEM A-U-M-E-N-T-A PREÇO ? ? ? ? Os consumidores ? ----> NÃO. Os produtores ? ------> NÃO. Então, minha gente, de olho neles, os: A-T-R-A-V-E-S-S-A-D-O-R-E-S -------> e E-X-P-L-O-R-A-D-O-R-E-S parasitas e improdutivos ! | Denuncie |

Autor: roberto campos
Só queria saber quem faz e onde as pesquisas do governo são feitas. Estão como no caso Pasadena induzindo a presidenta ao erro. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas