Economia
  • (13) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Conta do bar ficará mais cara com elevação da tributação sobre cerveja Ação do governo tem como objetivo engordar o caixa do Tesouro e permitir subsídio às tarifas de energia

Bárbara Nascimento

Guilherme Araújo

Publicação: 26/03/2014 06:01 Atualização: 26/03/2014 15:09

Síivia e Rogério não gostaram da notícia sobre encarecimento da bebida e sugerem ir para rua protestar (Iano Andrade/CB/D.A Press)
Síivia e Rogério não gostaram da notícia sobre encarecimento da bebida e sugerem ir para rua protestar


O governo estuda aumentar ainda mais os impostos sobre vários setores da economia brasileira. O objetivo é engordar a receita para permitir que o Tesouro Nacional tenha condições de repassar os R$ 4 bilhões anunciados pelo Ministério da Fazenda para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). Dessa forma, alguns produtos — importados, bebidas frias (cervejas, refrigerantes, isotônicos e água) e cosméticos — devem chegar mais caros aos consumidores.

Leia mais notícias de Economia

O secretário adjunto da Receita Federal, Luiz Fernando Teixeira, afirmou que os estudos para viabilizar o aumento de PIS/Cofins do setor de importados e de cosméticos e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre bebidas já foram finalizados. Agora, só falta o anúncio do governo.

“Não temos como dizer (todos os setores que vão ter aumento de imposto) porque a Receita trabalha por demanda. O órgão já apresentou algumas estimativas e cálculos para o ministro Guido Mantega”, explicou. “O ministro já antecipou sobre os setores de cosméticos e bebidas frias. Não estou afirmando que vai aumentar, mas os estudos estão finalizados e estamos prontos para uma decisão”, completou.

O casal Rogério Kohler e Silvia Peixoto não gostou da notícia sobre a alta da cerveja. “Tudo aumenta, menos o salário”, disse Rogério. “Os brasileiros têm que ir para a rua e protestar”, desabafou.

A matéria completa está disponível aqui para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Assista à reportagem da TV Brasília

Esta matéria tem: (13) comentários

Autor: Eduardo Boghossian
Administrar a economia aumentando impostos qualquer um pode fazer. Resolver os problemas efetivamente exige competência. Os impostos no Brasil já são extorsivos e os cidadãos não tem nenhum retorno com o pagamento dos mesmos. Não temos educação, saúde, segurança.....nada disso. | Denuncie |

Autor: edson luna
tem que aumentar o imposto de cigarro também! por mim iria para 10000% de uma só vez. | Denuncie |

Autor: Donizetti Santos
BEM FEITO! CONTINUAM VOTANDO NOS "COMPANHEIROS" . | Denuncie |

Autor: Joel Barros
SE ISSO´, RESOLVER O PROBLEMA, Q Ñ AUMENTE SÓ A CERVEJA E OS COSMÉTICOS... AMENTEM OS IMPOSTOS DO CIGARRO E, DE TODAS AS BEBIBIDAS "SOCIALMENTE" - VICIALMENTES LICITAS... DEIXEM OS EMBELEZAMENTOS DAS MULHERES! E, A REFRIGERAÇÃO DOS homens de bom senso, senão de bons costumes... EM PAZ C/A VIDA... | Denuncie |

Autor: Renato Brito
Incompetência. Deveriam fechar o cerco em cima dos corruptos, isso que faz o país não ter dinheiro para o obvio. Jogam para a população a cobrança de suas incompetências!! | Denuncie |

Autor: Adriano Sousa
CHEGA DE TANTO IMPOSTO NO BRASIL !!!! O BRASILEIRO TEM QUE ACORDAR !!! | Denuncie |

Autor: Rodrigo Ford
AUMENTO DA CERVA ???? NÃÃÃÃÕOO !!!! | Denuncie |

Autor: heder santos
Queria agradecer a populaçao que mesmo com os aumentos como a gasolina e esta que estao chegando a presidenta continua como preferencia na votação, ou seja a população aceita o aumento e ficam feliz, minha sugestao. ¨VOTEM NULO¨ | Denuncie |

Autor: carlos figueiredo
Sempre o lado mais fraco paga pelos desmandos governamentais. Em vez de taxar as grandes fortunas, acham que, fazendo média com os evangélicos(os que não bebem), poderão se perpetuar no poder. Ainda bem que esta possibilidade está com os dias contados: 03/10/2013. É só esperar. | Denuncie |

Autor: Ruberlândio Oliveira
Engraçado, quando houve aquele problema da Petrobrás falaram que a gasolina não ia aumentar para cobrir o rombo e a gasolina já aumentou, agora estão falando que não vai aumentar a bebida fria que com certeza vai aumentar sabe porque? Porque infelizmente só o consumidor que paga pela má administração | Denuncie |

Autor: Fernando Monteiro
Adoro cerveja. Sou um bebedor e estudioso da bebida, mas aprovo o aumento de impostos nas bebidas, que são supérfluos, do que na energia elétrica que é algo essencial. | Denuncie |

Autor: cidadao_df cidadao_df
Pelo menos o aumento não foi para algo indispensável como pão, água e etc. Cerveja? ah tem dó! | Denuncie |

Autor: José Ferreira Ferreira
O resultado da incopetência e da ingerência, sobra para os pequenos, que não tem para onde correr. Porque esses "governantes" e "políticos" também não cortam as várias mordomias que eles tem? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas