publicidade

Alemã Siemens afirma que continuará a investir na Rússia apesar das tensões

A empresa possui investimentos no setor do transporte ferroviários e energia na Rússia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 26/03/2014 14:14

France Presse

O gigante industrial alemão Siemens continuará investindo na Rússia, assegurou nesta quarta-feira (26/3) seu patrão, Joe Kasser, ao presidente russo Vladimir Putin, apesar das tensões entre Moscou e o Ocidente pela crise na Crimeia.

"A Siemens já investiu na economia russa 800 milhões de euros e continuaremos nossos investimentos no futuro, apostando na cooperação em longo prazo", declarou Kaeser, citado pelas agências russas, durante um encontro com Putin na residência do presidente na periferia de Paris.

Leia mais notícias em Economia


Siemens tem investimentos no setor do transporte ferroviários e energia na Rússia. Americanos e europeus impuseram na semana passada sanções contra Moscou em represália pela anexação da Crimeia.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade