Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

EPE divulgou crescimento de 8,6% em consumo de energia elétrica Segundo a EPE, além da influência do maior número de dias úteis no mês, o crescimento expressivo deveu-se à manutenção de temperaturas elevadas em janeiro e fevereiro

Agência Brasil

Publicação: 27/03/2014 15:19 Atualização:

O consumo de energia elétrica demandado ao Sistema Interligado Nacional (SIN) cresceu 8,6% em fevereiro, em relação ao mesmo mês do ano passado, atingindo 41.403 gigawatts-hora (GWh). A informação foi divulgada nesta quinta-feira (27), pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Leia mais notícias em Economia


Nos dois primeiros meses do ano, o crescimento acumulado é 6,8% sobre o primeiro bimestre do ano passado, com a demanda superando os 81mil GWh. Segundo a EPE, além da influência do maior número de dias úteis no mês, o crescimento expressivo deveu-se à manutenção de temperaturas elevadas em janeiro e fevereiro, o que acarretou “na intensificação do uso de condicionadores de ar, levando ao aumento do consumo de eletricidade nas residências e nos estabelecimentos comerciais”.

Com as altas temperaturas que predominaram durante todo mês, o consumo residencial avançou 13,3% em fevereiro, enquanto a demanda do setor de comércio e serviços cresceu 16,6%. O consumo industrial, porém, continua com ritmo lento de crescimento, com alta 1,4% em relação a fevereiro do ano passado. O baixo consumo de segmentos do setor eletrointensivo (setores industriais que utilizam muita energia como empresas de alumínio, aço, petroquímica e papel) vem contribuindo para o fraco desempenho da indústria.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas