publicidade

Moody's ameaça baixar nota da dívida da Rússia por causa da Ucrânia

A atual crise "pode afetar significativamente a atitude dos investidores durante vários anos", justificou a agência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 28/03/2014 20:00

France Presse

A agência Moody's anunciou nesta sexta-feira (28/3) que poderá reduzir a nota da dívida da Rússia por causa do impacto da crise ucraniana e de uma possível escalada da tensão na região.

A nota atribuída a Moscou - Baa1 - foi colocada "em revisão com a perspectiva de queda", explicou a agência classificadora de risco americana em um comunicado, evocando um "enfraquecimento da economia" russa.

A atual crise "pode afetar significativamente a atitude dos investidores durante vários anos, somando-se aos elementos dissuasivos ao investimento que o frágil império da lei na Rússia e os altos níveis de corrupção apresentam", justificou a Moody's.

Leia mais notícias em Economia

"Isso pode prejudicar mais as perspectivas econômicas do país, dadas suas amplas necessidades de investimento", ressalta a agência, acrescentando que "esse fator pode limitar mais sua capacidade para diversificar a economia, a fim de tirá-la de sua dependência do petróleo e do gás".

A Moody's prevê uma contração da economia russa, decorrente do conflito, de cerca de 1,0% em 2014. A estimativa anterior era um crescimento de 2%.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade