publicidade

Leilão 4G abrirá espaço para empresas de menor porte, diz Anatel

O leilão terá duas rodadas, uma com os lotes maiores e outra com os lotes menores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 08/04/2014 18:52

Agência Brasil

O leilão da faixa de frequência de 700 mega-hertz, que será usada para a tecnologia 4G, deverá oferecer três lotes nacionais e um lote dividido em áreas menores. Segundo o gerente de regulamentação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Nilo Pasquali, o objetivo é que empresas de menor porte possam comprar os “pedaços” menores, mas uma mesma empresa pode arrematar todo o lote.

O leilão terá duas rodadas, uma com os lotes maiores e outra com os lotes menores. Se na primeira rodada sobrar algum dos lotes nacionais, eles serão divididos em partes menores.

Leia mais notícias em Economia

A proposta de edital do leilão está prevista para ser analisada na próxima quinta-feira (10) pelo Conselho Diretor da Anatel, e ainda deverá passar por consulta pública. A previsão da Anatel é que o leilão seja feito até agosto.

O edital deverá ter um anexo tratando da realocação dos canais de televisão que ainda ocupam a faixa de 700 MHz, e devem migrar para o sinal digital. Os custos serão bancados pelos vencedores do leilão.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade