Economia
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Distrito Federal tem a maior média de abatimento de Imposto de Renda Renda mais elevada, sobretudo por causa dos servidores, e maior acesso à saúde e à educação privadas explicam os descontos

Bárbara Nascimento

Publicação: 09/04/2014 08:38 Atualização: 09/04/2014 08:52

Os brasilienses são os que mais se beneficiam, em todo o país, da possibilidade de deduzir despesas do Imposto de Renda. Entre 2010 e 2012, a média de abatimentos por declarante no Distrito Federal foi de R$ 2.515,34 por ano, conforme levantamento da consultoria EY. O valor é mais que o dobro da média nacional, de R$ 1.235,32 por contribuinte.

No total, deixam de entrar nos cofres públicos, todos os anos, em torno de R$ 30 bilhões em razão das deduções dos 26 estados e do Distrito Federal. Depois da capital do país, estão na lista dos maiores abatimentos médios da EY o Rio de Janeiro (R$ 1.924,63) e o Rio Grande do Norte (R$ 1.355, veja quadro).

Leia mais notícias em Economia

Segundo Leandro Souza, gerente sênior de Impostos e Capital Humano da EY, o valor dos abatimentos “está relacionado com a renda média da população, que possibilita o acesso em menor ou maior grau à educação e à saúde privadas, deduzidas do IR”. Além disso, os rendimentos, do funcionalismo público colocam Brasília e Rio de Janeiro, as cidades com mais servidores no país, no topo do ranking.



A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Anilton Moccio
Será que a região nordeste é tão pobre assim com se divulga? | Denuncie |

Autor: Anilton Moccio
Se as deduções forem legais, nada a contestar. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas