publicidade

Rússia teria transferidos bilhões em ativos dos EUA para a Bélgica

A publicação explica, com base em informações de fontes do mercado, que os ativos em dólares da Rússia estão em contas europeias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/04/2014 13:46

France Presse

A Rússia teria transferido bilhões de dólares em ativos dos Estados Unidos para a Bélgica para se proteger um eventual embargo americano, informou nesta quinta-feira (10/4) o jornal econômico belga L'Echo. A publicação explica, com base em informações de fontes do mercado, que os ativos em dólares da Rússia estão em contas europeias.

L'Echo recorda que, em março, foi registrada uma queda de 100 bilhões de dólares nos bônus do tesouro americano mantidos pelo Federal Reserve americano em contas de instituições estrangeiros. Para o jornal, o Banco Central da Rússia, que tinha em janeiro 130 bilhões de dólares em títulos da dívida americana, é o principal suspeito.

Mas estes títulos não foram alvo de uma venda em massa, já que isso teria se traduzido por uma alta dos rendimentos no mercado de taxas. O L'Echo se foca no papel da Euroclear, de Bruxelas, um dos depositários dos títulos com a Clearstream, de Luxemburgo.

Leia mais notícias em Economia

"Segundo os atores do mercado, a probabilidade de que a instituição monetária moscovita tenha girado uma parte de seus ativos americanos para a Euroclear é mais que possível, ou seja, evidente", escreve o jornal, que não conseguiu obter comentários por parte da Euroclear.

Para o jornal, se esta hipótese for confirmada, seria uma estratégia legal por parte da Rússia para proteger-se contra um eventual embargo por parte dos Estados Unidos em relação aos bens russos.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade