Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Wall Street volta a fechar no vermelho afetado pelo desempenho do Nasdaq O Dow Jones perdeu 143,47 pontos e encerrou nas 16.026,75 unidades, seu menor nível desde 12 de fevereiro

France Presse

Publicação: 11/04/2014 19:11 Atualização:

Nova York - Wall Street voltou a cair, nesta sexta-feira (11/4), diante do mau desempenho do Nasdaq, afetado por uma crise de confiança dos investidores, que temem uma valorização excessiva das empresas do setor tecnológico: o Nasdaq caiu 1,34%, e o Dow Jones, 0,89%. Segundo os resultados definitivos do fechamento, o Nasdaq caiu 54,37 pontos e terminou em 3.999,73 unidades, abaixo do piso de 4.000 pontos pela primeira vez desde 3 de fevereiro.

O Dow Jones perdeu 143,47 pontos e encerrou nas 16.026,75 unidades, seu menor nível desde 12 de fevereiro.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 perdeu 0,95%, ou 17,39 pontos, nas 1.815,69 unidades, nível que não atingia desde 10 de fevereiro. Apesar de uma breve incursão no terreno positivo durante a sessão, o Nasdaq não conseguiu reverter a tendência de baixa que o levou a recuar 3,10% na quinta-feira.

Muito cobiçados em épocas de liquidez excepcionalmente abundante como em 2013, os títulos tecnológicos de empresas como Facebook, Netflix, Tesla e Amazon foram os primeiros a sofrer este ano com as preocupações com um endurecimento das taxas e com o crédito nos mercados financeiros.

Isso acontece "quando os investidores se deixam levar, como fizeram no setor de biotecnologia, das redes sociais e certos subsetores tecnológicos", disse Alain Skrainka, da Cornerstone Wealth Management.

Leia mais notícias em Economia

Desde 2013, essas áreas tiveram "trajetórias parabólicas" comparáveis às observadas durante "bolhas anteriores", acrescentou.

Para Mace Blicksilver, da Marblehead Asset Management, a queda desta sexta-feira pode resultar de dois fatores.

Uma possibilidade é que seja efetivamente pelos temores de uma valorização excessiva de algumas empresas cotadas no Nasdaq e uma "decepção no setor bancário" com resultados ruins do JPMorgan Chase.

Outra opção é que se trate de uma situação "mais grave": a correção do mercado "depois dos ganhos insensatos do ano passado".

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro para dez anos caiu para 2,619% contra os 2,628% de quinta-feira, e o dos papéis para 30 anos, a 3,477%, contra os 3,503% anteriores.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas