publicidade

Resultados de empresas e fusões no setor farmacêutico estimulam Wall Street

O Dow Jones Industrial Average subiu 65,12 pontos, situando-se em 16.514,37 unidades

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/04/2014 19:51

France Presse

A Bolsa de Nova York encerrou a sessão desta terça-feira (22/4) no azul, graças a resultados de empresas que convenceram o mercado e ao anúncio de grandes operações no setor farmacêutico: com isso, o Dow Jones ganhou 0,40%, e o Nasdaq, 0,97%.

Segundo resultados definitivos do fechamento, o Dow Jones Industrial Average subiu 65,12 pontos, situando-se em 16.514,37 unidades.

O tecnológico Nasdaq e o índice ampliado S&P 500 registraram sua sexta alta consecutiva de 39,91 pontos, nas 4.161,46 unidades, e de 0,41%, ou 7,66 pontos, nas 1.879,55 unidades, respectivamente.

"O mercado parece estar com um humor melhor", após as quedas de alguns setores no início de março e de abril, observou David Levy, da Kenjol Capital Management.

Estimulados por bons resultados de empresas, os investidores "voltam à praça e compram alguns títulos que foram mais afetados" pelo recente movimento maciço de vendas, acrescentou Levy.

A esses resultados, agregam-se "indicadores que mostram uma economia que melhora", completou o analista. Os corretores também viram positivamente a série de grandes movimentos no setor farmacêutico.

A canadense Valean lançou uma oferta pública de aquisição de mais de US$ 45 bilhões pela fabricante californiana de botox Allergan, que subiu 15,25%, a US$ 163,65.

Leia mais notícias em Economia

Além disso, enquanto a americana Eli Lilly comprará a divisão de saúde animal da suíça Novartis por US$ 5,4 bilhões, a Novartis comprará a divisão de Oncologia da britânica GlaxoSmithKline por US$ 16 bilhões, cedendo a esta o seu setor de vacinas por pelo menos US$ 7,05 bilhões.

"As empresas têm atualmente abundância de liquidez à sua disposição. Podem utilizá-la para comprar suas próprias ações, aumentar seus dividendos, ou comprar outras empresas", destacou William Lynch.

Quando optam por comprar outras companhias, "aumentam as perspectivas de crescimento, e é potencialmente muito positivo para as ações", completou o analista.

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro para dez anos avançou para 2,726%, contra os 2,721% de segunda-feira à noite, e o do bônus para 30 anos, caiu para 3,503%, contra os 3,525% anteriores.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade