publicidade

Taxas de cheque especial e leasing são as que mais sobem para famílias

A alta dos juros ocorre em momento de ciclo de alta da taxa básica Selic

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 29/04/2014 12:31

Agência Brasil

As taxas de juros do cheque especial e do leasing (arrendamento mercantil) para a compra de carro foram as que mais subiram para as famílias, em março. A taxa do cheque especial chegou a 159,3% ao ano, com alta de 2,7 pontos percentuais em relação a fevereiro. Em 12 meses encerrados em março, essa taxa já subiu 21,4 pontos percentuais. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (29/4) pelo Banco Central (BC).

A taxa do leasing de carros subiu 3,3 pontos percentual e ficou em 18,1% ao ano, em março. Já a taxa do financiamento de veículos caiu 0,4 ponto percentual, de fevereiro para março, quando ficou em 23,5% ao ano.

Leia mais notícias em Economia

No caso do crédito pessoal, houve redução de 1,2 ponto percentual, de fevereiro para março, quando ficou em 94,1% ao ano. O crédito consignado apresentou taxa de 25,3% ao ano, alta de 0,2 ponto percentual. A taxa do crédito renegociado subiu 0,6 ponto percentual e alcançou 40% ao ano.

Essas taxas referem-se ao crédito livre, em que os bancos têm autonomia para aplicar o dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros. A alta dos juros ocorre em momento de ciclo de alta da taxa básica Selic. O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC elevou a Selic, que serve de referência para as demais taxas no mercado, nove vezes seguidas. Atualmente, a Selic está em 11% ao ano.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade