Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Corra para fazer a declaração de Imposto de Renda; hoje é o último dia Prazo termina hoje, às 23h59

Publicação: 30/04/2014 06:00 Atualização:

Falta pouco, mas ainda dá tempo de evitar multas e muitos aborrecimentos. Termina hoje, às 23h59´, o prazo para entrega da Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda de 2014 — ano-base 2013. Se você não quer ter problemas com o Fisco, é bom se apressar. A multa para quem deixar de apresentar a prestação de contas no prazo é de R$ 165,74, ou 20% do valor devido, o que for maior.

Até o fim da tarde de ontem, 21,7 milhões contribuintes haviam entregue a declaração de renda. Pelas cálculos da Receita Federal, cerca de 5 milhões ainda precisam prestar contas ao Leão. Estão obrigados a declarar todos que tiveram rendimentos tributáveis superiores a R$ 25.661,70; quem teve, em 2013, ganho acima de R$ 40 mil em aplicações isentas de Imposto de Renda, como a caderneta de poupança; quem teve renda proveniente de atividade rural acima de R$ 128.308,50; e pessoas com patrimônio superior a R$ 300 mil.

Leia mais notícias em Economia

Mesmo com o prazo curto, é possível tomar alguns cuidados para evitar cair na malha fina. Segundo especialistas, são as pequenas desatenções que mais levam contribuintes a terem as declarações retidas. Por isso, antes de sentar para cumprir as obrigações com o Fisco, reúna todos os documentos necessários — CPF, título de eleitor, comprovante de renda, IR do ano anterior, recibos e notas fiscais de deduções com gastos com saúde e educação, e comprovantes de aluguel e de contribuição previdenciária. Leia com atenção o que pode ser deduzido e o que deve ser declarado, independentemente de ser isento de tributação, e preste atenção na grafia, nos números e nos detalhes.

Especialistas orientam para tomar cuidado com a idade dos dependentes. Muitos esquecem que filhos, netos e enteados só podem ser lançados na declaração para serem deduzidos até os 21 anos. Salvo quando cursam ensino universitário, sendo o prazo estendido aos 24 anos. Um erro comum e que muitas vezes leva à retenção da declaração é o esquecimento de alguma fonte pagadora, onde se trabalhou por curto espaço de tempo.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas