publicidade

Contas do governo fecham com superavit de R$ 3,580 bilhões em março

O número é relativamente maior do que o alcançado do mesmo mês de 2013, de 3,5 bilhões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 30/04/2014 11:28 / atualizado em 30/04/2014 13:45

Deco Bancillon

A economia do governo para pagar juros da dívida pública somou R$ 3,580 bilhões em março. O número é relativamente maior do que o alcançado do mesmo mês de 2013, de R$ 3,5 bilhões. Entretanto, este foi um dos menores resultados da série histórica pesquisada pelo Banco Central, desde dezembro de 2001.

Leia mais notícias em Economia

O superávit primário inclui os resultados de governos regionais e federal, além de empresas estatais, exceto Petrobras e Eletrobras. Quando há sobra de recursos no caixa desses entes públicos há resultado nominal, ou seja, o governo conseguiria pagar todas as necessidades do mês. Não foi, porém, o que aconteceu em março se consideradas as despesas para o pagamento de juros da dívida pública em que o caixa dos governos ficou no vermelho em R$ 16,02 bilhões.

O número, entretanto, é menor do que o registrado no mesmo mês de 2013, de R$ 19,359 bilhões. Quanto mais sobe essa despesa, menos recursos sobram em caixa para o governo custear programas sociais ou fazer políticas de distribuição de riquezas.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade