publicidade

Inflação semanal sobe em quatro capitais no fim de abril, segundo FGV

Contudo, a queda em três delas fez com que o índice geral caísse de 0,78% para 0,77%

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 05/05/2014 10:16

Agência Brasil

Quatro capitais que tiveram a inflação verificada pela Fundação Getúlio Vargas por meio do Índice de Preços ao Consumidor Semanal, tiveram aumento do indicador, divulgou nesta segunda-feira (5/5) a Fundação Getulio Vargas (FGV). Apesar disso, a queda em três delas fez com que o índice geral caísse de 0,78% na semana encerrada em 22 de abril para 0,77% na que terminou no dia 30 do mesmo mês.

Em Salvador, Belo Horizonte, Recife e Rio de Janeiro, a inflação foi mais alta na última semana do mês passado. A maior alta foi em Salvador, onde a inflação subiu 0,22 ponto percentual, de 0,44% para 0,66%. Na composição do indicador, pesaram mais para a aceleração da inflação dos transportes e da classe saúde e cuidados pessoais.

Leia mais notícias em Economia

A classe de saúde e cuidados pessoais também foi uma das mais relevantes nas altas da inflação no Rio de Janeiro e em Recife, cidades em que a taxa terminou abril com 0,73% e 1,09%. Em Belo Horizonte, foram habitação e vestuário que elevaram seus indicadores com maior força. A capital mineira registrou uma inflação de 1,03%. A menor inflação entre as sete capitais foi registrada em São Paulo, de 0,59%, após uma queda de 0,08 ponto percentual em relação a semana anterior, movimento que foi puxado por alimentação e transportes.

Porto Alegre e Brasília também tiveram redução da inflação. Na capital gaúcha, o índice desceu de 1,11% para 0,99%. Já na capital do Distrito Federal, o IPC-S teve uma retração de 0,86% para 0,68%.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade