Economia
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Governo cumpre meta de superavit primário, apontaTesouro Nacional Segundo o secretário do Tesouro, a arrecadação de abril e as despesas "permitiram um superavit primário muito forte"

Agência Brasil

Publicação: 07/05/2014 12:40 Atualização:

A meta de superavit primário, economia que o governo faz para pagar os juros da dívida pública, de R$ 28 bilhões do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) para o primeiro quadrimestre do ano foi cumprida, segundo o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin.

“Vamos divulgar o resultado de abril no final do mês de maio, mas as informações que temos nos levam a dizer com tranquilidade que nós atingimos a meta do quadrimestre”, disse o secretário à imprensa, após participar da reunião mensal fechada com a Comissão de Finanças da Câmara, para debater a execução orçamentária da União. Segundo o secretário, a arrecadação de abril e as despesas "permitiram um superavit primário muito forte”. “Abril é um mês de receitas mais altas em função do calendário de pagamentos de tributos e se confirmou o que nós tínhamos previsto de receitas e despesas”, acrescentou.

Leia mais notícias em Economia

Augustin disse ainda que a despesa do governo com o reajuste de 10% no valor dos benefícios do Bolsa Família já estava previsto. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social informou, o reajuste vai gerar impacto fiscal de R$ 1,7 bilhão em 2014 e R$ 2,7 bilhões em 2015.

O esforço fiscal permite a redução do endividamento do governo no médio e no longo prazo. Para todo o ano, a meta do Governo Central é economizar R$ 80,8 bilhões, equivalentes a 1,55% do Produto Interno Bruto (PIB - soma das riquezas produzidas no país). Os estados e municípios deverão fazer superavit primário de R$ 18,2 bilhões – 0,35% do PIB. No total, o superávit primário do setor público deverá fechar o ano em R$ 91,306 bilhões – 1,9% do PIB. “A meta de 1,9% será cumprida”, reforçou o secretário.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas