Greve de terceirizados deixa Aeroporto de Guarulhos em estado de caos

Cerca de mil funcionários que trabalham em companhias aéreas estão de braços cruzados, segundo dados do sindicato

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 07/05/2014 22:34 / atualizado em 07/05/2014 22:33

Bárbara Nascimento

Uma greve de funcionários terceirizados que trabalham para companhias áreas no Aeroporto de Guarulhos provoca atrasos em voos, em desembarques e em retirada de bagagens durante a tarde e a noite desta quarta-feira (7/5). Passageiros que deveriam ter saído de Buenos Aires às 15h50, só decolaram uma hora depois e, ainda assim, chegando a Cumbica, ficaram mais de uma hora e meia dentro do avião porque não havia escada para que descessem da aeronave. Ao desembarcar, esse mesmo grupo passou mais de duas horas à espera da bagagem. O voo era da companhia aérea Gol, que não tinha funcionários à espera dos passageiros para explicar a situação. A empresa é uma que está com terceirizados em greve. De acordo com o Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos, cerca de 1 mil funcionários estão em greve desde as 22h de terça-feira (6/5).

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade