publicidade

Wall Street: Dow Jones e S&P 500 batem novos recordes

Dow Jones Industrial Average subiu 0,68% ou 112,13 pontos. O índice ampliado Standard & Poor's 500 teve alta de 0,97% ou 18,17 pontos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 12/05/2014 19:18

France Presse

Nova York - Os índices mais representativos de Wall Street, o Dow Jones e o S&P 500, fecharam em níveis recorde nesta segunda-feira (12/5), em um mercado impulsionado pelo ressurgimento do setor tecnológico e por uma forte atividade de fusões e aquisições.

O Dow Jones Industrial Average subiu 0,68% ou 112,13 pontos, a 16.695,47 unidades, segundo recorde de fechamento consecutivo. O índice ampliado Standard & Poor's 500 teve alta de 0,97% ou 18,17 pontos, a 1.896,65 unidades, também um recorde. Enquanto isso, o tecnológico Nasdaq subiu 1,77% ou 71,99 pontos, a 4.143,86 unidades.

Leia mais notícias em Economia

Os índices subiram puxados pelo Nasdaq, que em uma só sessão superou as perdas da semana passada e alcançou o seu maior fechamento desde o dia 24 de abril. "Nota-se claramente um alívio ao se observar que os setores mais afetados nos últimos tempos, em particular os títulos de empresas de pequena capitalização e as ações tecnológicas, se comportaram bem hoje", destacou Dan Greenhaus, do BTIG.

"Esses valores levaram todo o resto do mercado para cima com eles", acrescentou o estrategista.

O Twitter teve alta de quase 6%, o Netflix, de mais de 5% e Facebook e Amazon, de aproximadamente 4%. Além disso, na ausência de indicadores importantes nos Estados Unidos, os investidores tomaram novo impulso nas operações de fusão e aquisição -como a compra do grupo de alimentos Hillshire Brands pelo compatriota Pinnacle Foods- para alavancar os índices a níveis recordes.

Os volumes de intercâmbio, entretanto, foram baixos, "o que mostra que parte do mercado permanece prudente", destacou Michael James, da Wedbush Securities.

O rendimento dos bônus do Tesouro a dez anos subiu 2,656% contra os 2,623% da sexta-feira, enquanto os bônus a 30 anos ficaram em 3,492%, contra 3,467%. O rendimento dos bônus se valoriza no sentido inverso ao preço.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade