Economia
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Plano Safra 2014/2015 disponibiliza R$ 156 bilhões a produtores O limite de financiamento de custeio, por produtor, foi ampliado de R$ 1 milhão para R$ 1,1 milhão

Agência Brasil

Publicação: 19/05/2014 11:24 Atualização: 19/05/2014 14:58

O Plano Safra 2014/2015 vai disponibilizar R$ 156,1 bilhões em recursos, sendo R$ 112 bilhões para financiamentos de custeio e comercialização e R$ 44,1 bilhões para os programas de investimento. O valor representa alta de 14,7% sobre os R$ 136 bilhões do plano anterior.

Presidente Dilma e o ministro da Agricultura, Neri Gueller, durante cerimônia de lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015 (Roberto Stuckert Filho/PR)
Presidente Dilma e o ministro da Agricultura, Neri Gueller, durante cerimônia de lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015

O limite de financiamento de custeio, por produtor, foi ampliado de R$ 1 milhão para R$ 1,1 milhão, enquanto o destinado à modalidade de comercialização passou de R$ 2 milhões para R$ 2,2 milhões.

Leia mais notícias em Economia

Dos recursos disponibilizados nesta edição do Plano Safra, R$ 132,6 bilhões são com juros inferiores aos cobrados no mercado, um crescimento de 14,7% em relação aos R$ 115,6 bilhões previstos na temporada anterior. As taxas de juros anuais mais baixas estão nas modalidades voltadas para armazenagem, irrigação e inovação tecnológica, de 4% (5% no crédito de armazenagem para cerealistas); práticas sustentáveis, juros de 5%; médios produtores, de 5,5%; e máquinas e equipamentos agrícolas, de 4,5% a 6%.

De acordo com o Ministério da Agricultura, entre os destaques do plano estão o aperfeiçoamento do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), incentivo aos médios produtores, a ampliação da capacidade de armazenagem nas fazendas, a inovação tecnológica no campo e o desenvolvimento da pecuária de corte.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: José A. S. Neto
A questão do ARMAZENAMENTO É PRIMORDIAL PARA OS PRODUTORES, INDEPENDENTE DE SEU TAMANHO. Sem esta possibilidade, quem produz FICA IGUAL FILHOTE DE GALINHA FRENTE A GAVIÕES REPRESENTADO PELOS ESPECULADORES / ATRAVESSADORES quem nada fazem a não ser EXPLORAR E AUMENTAR PREÇO (fabricar inflação) ! ! ! | Denuncie |

Autor: andre afm
Está certissimo, não adianta o Brasil querer reinventar a roda, tem q investir naquilo que esta dando certo e no que temos potencial, ou seja, a agricultura. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas