publicidade

Com resultados decepcionantes no varejo, Wall Street fecha em baixa

O Dow Jones Industrial Average perdeu 137,55 pontos, a 16.374,31 unidades, e o Nasdaq, 28,92 pontos, a 4.096,89

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 20/05/2014 20:05

France Presse

Wall Street fechou em baixa nesta terça-feira (20/5), influenciada pelos resultados medíocres do setor varejista e pelas novas especulações de alta nas taxas de juros do país: o Dow Jones caiu 0,83% e o Nasdaq, 0,70%.

O Dow Jones Industrial Average perdeu 137,55 pontos, a 16.374,31 unidades, e o Nasdaq, 28,92 pontos, a 4.096,89. O índice ampliado Standard & Poor's 500 recuou 0,65% ou 12,25 pontos, a 1.872,83 unidades.

Os resultados díspares de várias empresas de vendas varejistas "colocaram pressão sobre o mercado em seu conjunto", opinou Mace Blicksilver, do Marblehead Asset Management.

A Depot, que vende material de construção, assim como a Staples, especializada em artigos de papelaria, e a Dick's Sporting Goods, de equipamentos esportivos, registraram resultados abaixo do esperado por analistas.

"Esses números pesaram sobre os grupos do setor que tiveram, no entanto, bons resultados no primeiro trimestre, como foi o caso da Mickael Kors ou da Macy's", destacou Mace Blicksilver.

Leia mais notícias em Economia

Os comentários de Charles Plosser, presidente da filial regional do Fed na Filadélfia, estimando que as taxas de juros podem subir além do previsto, também contribuíram para a queda dos índices.

Por enquanto, o Fed tem falado de meados de 2015 como data para a decisão. "É possível que Plosser tenha feito essa intervenção a fim de alertar o mercado antes da divulgação dos extratos da reunião do Comitê de Política Monetária do Fed na quarta-feira", ressaltou Sam Stovall da S&P Capital IQ.

No mercado de títulos, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu para 2,509%, contra 2,536% da segunda-feira, enquanto o bônus a 30 anos ficou em 3,375%, contra 3,383%.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade