publicidade

Fortaleza registra maior variação do IPCA-15 em maio, segundo IBGE

Resultado é 0,15 ponto percentual superior à alta global

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 21/05/2014 16:25 / atualizado em 21/05/2014 16:34

Agência Brasil

A região metropolitana de Fortaleza foi, entre as 11 pesquisadas, a que apresentou maior inflação (1,15%) medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15). O resultado é 0,15 ponto percentual superior à alta global, de 0,58%, registrada em maio. A alta em Fortaleza foi puxada pela elevação de 10,26% nas tarifas de energia elétrica, que refletiu o reajuste de 16,55% em vigor desde 22 de abril, aliada aos alimentos que subiram 1,92%.
 
 
Logo em seguida, vem a variação de preços da região metropolitana do Recife que foi 1,06%, superior em 0,48 ponto percentual à alta globla, divulgada nesta quarta-feira (21/5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em seguida vem Porto Alegre, com alta de 0,87%; e Belo Horizonte, com 0,83%.
 
O menor IPCA-15 foi registrado em Brasília (0,11%), em virtude da queda de 18,51% nos preços das passagens aéreas que, com peso de 2,35%, causaram impacto de -0,43 ponto percentual no índice da cidade. No Rio de Janeiro o IPCA-15 variou 0,41%, 0,74 ponto percentual abaixo da taxa para o total das cidade pesquisadas. A variação do IPCA-15 em São Paulo foi a mesma (0,41%) da registrada no Rio de Janeiro

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade