publicidade

Amazon fecha acordo com Mattel para distribuir vídeos online e produtos

Será possível assistir em streaming episódios da série de TV, além de comprar produtos derivados: livros, brinquedos, roupas e outros objetos com a imagem do personagem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 02/06/2014 13:19

France Presse

Nova York - A gigante do varejo online Amazon anunciou nesta segunda-feira (2/6) um acordo com a HIT Entertainment, filial da fabricante de brinquedos Mattel, para a distribuição de vídeos pela internet e vendas de seus produtos derivados. A Amazon conseguiu a exclusividade nos Estados Unidos da série de desenhos animados "Fireman Sam" ("Bombeiro Sam), para a qual vai lançar um portal em seu site a partir de terça-feira (3/6).

Será possível assistir em streaming episódios da série de TV, além de comprar produtos derivados: livros, brinquedos, roupas e outros objetos com a imagem do personagem. Os primeiros artigos serão anunciados neste ano. "Bombeiro Sam" é um desenho animado britânico para crianças sobre as aventuras de um bombeiro hiperativo e corajoso, que foi transmitido pela primeira vez em 1987. A série foi exportada para mais de 100 países.

Leia mais notícias em Mundo

"Amazon e HIT Entertainment criam, com isso, um novo modelo de distribuição, unindo uma marca apreciada por crianças em todo o mundo a uma plataforma de distribuição", diz o comunicado da Amazon. A ideia é que os consumidores possam assistir aos desenhos animados e, em seguida, "aprofundar sua experiência de marca com livros, brinquedos", explica Sid Mathur, CEO da HIT Entertainment.

A Amazon tem investido pesado nos últimos anos em seus serviços de vídeo por streaming. Alguns analistas veem isso como uma estratégia para criar um ecossistema digital que sirva para fortalecer as atividades mais tradicionais do grupo na área de distribuição.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade