Economia
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Balança comercial registra menor superávit para maio desde 2002 No mês passado, o país exportou US$ 20,752 bilhões, valor 4,9% menor que em maio do ano passado pela média diária

Agência Brasil

Publicação: 02/06/2014 16:37 Atualização:

A balança comercial – diferença entre exportações e importações – registrou em maio o menor resultado para o mês em 12 anos. Segundo números divulgados hoje (2) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, no mês passado, o país exportou US$ 712 milhões a mais do que importou. Para meses de maio, o superávit é o mais baixo desde 2002, quando tinha ficado em US$ 384 milhões.

Em relação a maio do ano passado, o superávit recuou 6,7%. Apesar de a balança ter registrado superávit pelo terceiro mês seguido, o resultado foi insuficiente para cobrir o déficit da balança no acumulado do ano. De janeiro a maio, a balança acumula resultado negativo de US$ 4,854 bilhões. O déficit é 9,8% menor que no mesmo período do ano passado (US$ 5,381 bilhões).

No mês passado, o país exportou US$ 20,752 bilhões, valor 4,9% menor que em maio do ano passado pela média diária. As importações somaram US$ 20,040 bilhões, recuo de 4,8% também pela média diária. No acumulado do ano, o resultado da balança comercial melhorou apenas porque as importações caíram mais que as exportações.

De janeiro a maio, as vendas para o exterior somaram US$ 90,064 bilhões, queda de 2,5% em relação ao mesmo período de 2013 pela média diária. As importações, no entanto, somaram US$ 94,918 bilhões, com retração de 2,9% também pela média diária. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, as importações foram afetadas pela alta do dólar em relação ao ano passado, e as exportações foram impactadas pela queda na venda de veículos para a Argentina e pela queda no preço das commodities (bens agrícolas e minerais com cotação internacional).
Tags:

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: RAIMUNDO FARIAS
Taguatinga hoje é uma cidade sem código, sem regra, há construções de prédios enormes no meio das casas residenciais e isso tudo entra a corrupção. São alvarás comprados e fica tudo certo, pois, a justiça não alcança os poderoso. Acorda Brasil!!!! | Denuncie |

Autor: Anilton Moccio
Obteve um superávit, não tem do que reclamar. | Denuncie |

Autor: jorge almada
O nosso país está perdendo reservas a balança comercial contínua apresentar saldo negativo. Nossa economia está concentrada na sua grande maioria na exportação e importação para a China. Falta investimento em novas tecnologias que permitam reduzir os custos de produção e gerar mais produtos interno | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas