publicidade

Brasil e Argentina renovam acordo automotivo por mais um ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 11/06/2014 18:23 / atualizado em 11/06/2014 18:24

Rosana Hessel

Os governos do Brasil e da Argentina assinaram nesta quarta-feira (11/6), em Buenos Aires, a prorrogação do Acordo automotivo que passará a valer de 1º de julho até 30 de junho de 2015.


O texto prevê um monitoramento constante do comércio bilateral para garantir que todas as bases acordadas sejam cumpridas. O documento estabelece ainda a retomada do sistema “flex” na proporção de 1,5. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), a proporção está dentro dos níveis históricos de comércio efetivamente realizado entre os dois países no período de vigência do atual acordo e essa medida “garante previsibilidade e fluidez no comércio bilateral, além de assegurar margem de conforto para a indústria brasileira”.

Leia mais notícias de Economia

“O fato de o documento ter sido chancelado pelas presidentas Dilma Rousseff e Cristina Kirchner garante força política e é um passo importante para o setor dos dois países. Com isso, Brasil e Argentina agora figuraram entre os principais produtores e mercados fortes e laços estratégicos. Esse é mais um passo para uma medida mais ambiciosa a partir de 2015”, afirmou ministro Mauro Borges, do Mdic, em nota.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade