publicidade

Policiais civis do Rio aprovam indicativo de greve para o dia 25

Presidente do Sindpol acreta que governo estadual atenda ao pleito da categoria

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 13/06/2014 16:59 / atualizado em 13/06/2014 18:26

Agência Brasil

Policiais civis do Rio de Janeiro aprovaram nesta sexta-feira (13/6) indicativo de greve para o próximo dia 25, caso o governo do estado não envie para votação pela Assembleia Legislativa (Alerj) projeto de lei incorporando ao salário a gratificação que recebem por trabalharem nas delegacias legais. A decisão foi tomada em assembleia da categoria, na Cidade da Polícia.

Leia mais notícias em Economia


O prazo dado ao governo é o próximo dia 24. Caso isso não ocorra, os policiais pretendem entrar em greve no dia seguinte, até o dia 30, em plena período de Copa do Mundo. O presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sindpol), Francisco Chao, disse acreditar que o governo estadual atenda ao pleito da categoria. "O governo do estado está se empenhando para resolver esse impasse, para que não precisemos materializar o que foi decidido aqui hoje. O próprio governador [Luiz Fernando Pezão] disse que vai encaminhar [o projeto] para a Alerj", destacou Chao.

Segundo Chao, um policial em início de carreira recebe salário de R$ 3.500, e a gratificação representa R$ 850 do total. Ele explicou que, caso o policial se aposente, entre em licença médica ou gestante, perde a gratificação.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade