publicidade

Balança tem superávit de US$ 837 milhões na segunda semana de junho

Resultado da segunda semana resulta de US$ 4,7 bilhões em exportações e US$ 3,8 bilhões em importações

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 16/06/2014 16:17

Agência Brasil

A balança comercial brasileira registrou mais um superávit (exportações maiores que importações), ficando positiva em US$ 837 milhões na segunda semana deste mês. Somando-se o saldo positivo de US$ 726 milhões da primeira semana, junho acumula saldo positivo de US$ 1,56 bilhão. Já o déficit acumulado no ano caiu de US$ 4,1 bilhões para US$ 3,2 bilhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (16/6) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

O resultado da segunda semana resulta de US$ 4,7 bilhões em exportações e US$ 3,8 bilhões em importações. Apesar do saldo positivo, as vendas externas tiveram recuo tanto na comparação semanal quanto ante junho do ano passado. A queda nas importações, entretanto, ajudou a garantir o superávit.

Leia mais notícias em Economia

A média diária exportada na segunda semana ficou em US$ 940,8 milhões, caindo 11,6% na comparação com a primeira semana. Já a média acumulada de junho ficou em US$ 1 bilhão, 5,1% menos em relação ao mesmo mês de 2013. Na semana, recuaram as vendas de básicos e industrializados, havendo alta somente nas exportações de semimanufaturados. Na análise mensal, caiu o comércio de manufaturados e semimanufaturados, com elevação nas vendas de itens básicos.

Do lado das importações, a queda semanal na média diária chegou a 15,9%, de US$ 919,2 milhões para US$ 773,4 milhões. Já o recuo mensal ficou em 10,1%, de US$ 941,3 milhões para US$ 846,3 milhões. Houve gastos menores com lubrificantes; equipamentos mecânicos; eletroeletrônicos; automóveis e partes; químicos e farmacêuticos; adubos e fertilizantes; siderúrgicos e plásticos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade