publicidade

Fed reduz em 10 bilhões de dólares ajuda monetária aos Estados Unidos

Federal Reserve também reduziu a previsão de crescimento para a economia americana em 2014, após um inverno rigoroso que prejudicou a atividade econômica

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 18/06/2014 15:51

France Presse

O Federal Reserve (Fed) decidiu nesta quarta-feira (18/7) pela quinta-vez consecutiva reduzir seu apoio monetário à economia dos Estados Unidos, sem alterar as taxas de juros.

O Comitê de política monetária (FOMC) reduzirá em 10 bilhões de dólares suas injeções de liquidez para levá-las a 35 bilhões mensais, segundo o comunicado do Fed.

Leia mais notícias em Economia

As taxas básicas de juros se mantêm próximas de zero, como estão desde o final de desde 2008.

Redução no crescimento

 

O Federal Reserve (Fed) também reduziu a previsão de crescimento para a economia dos Estados Unidos em 2014, após um inverno rigoroso que prejudicou a atividade econômica.

O Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano deve crescer entre 2,1 e 2,3% no final de 2014 em relação ao ano anterior, o que indica uma redução em relação aos 2,8 a 3,0% previstos em março, segundo as novas projeções econômicas do banco central

O Fed manteve sua previsão de crescimento entre 3,0 e 3,2% para 2015, com uma inflação em torno de 2%.

A taxa de desemprego, indicador-chave para a política monetária, caiu dos atuais 6,3% a 6,0-6,1% até o fim do ano, e entre 5,4 e 5,7% em 2015, ambas levemente mais baixas do o estimado previamente.

 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade