publicidade

França opta pela GE para criar aliança com o grupo industrial Alstom

Agora cabe ao conselho de administração da Alstom decidir se retoma negociações exclusivas com a GE, no máximo até segunda-feira, quando expira a oferta da General Eletric

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 20/06/2014 16:59

France Presse

Paris - A França anunciou nesta sexta-feira (20/6) que prefere a oferta da General Electric para criar uma aliança com o grupo industrial Alstom, e que entrará em 20% do capital da empresa. O ministro da Economia francês, Arnaud Montebourg, anunciou em coletiva de imprensa que tinha enviado uma carta de intenções ao diretor da GE, Jeff Immelt, com as condições da aliança.

Agora cabe ao conselho de administração da Alstom decidir se retoma negociações exclusivas com a GE, no máximo até segunda-feira (23/6), quando expira a oferta da General Eletric. De acordo com o ministro, a França assumirá uma "vigilância patriótica" sobre o novo grupo, e, para isso, o Estado vai comprar dois terços da participação de outra grande empresa francesa, a Bouygues, para ter 20% da Alstom.

Leia mais notícias em Economia

Além disso, "será formada uma coempresa especificamente francesa no setor nuclear e térmico: a Alstom terá uma participação de 50% nos setores nuclear, térmico e em todas as atividades de transição energética", ou seja, fontes de geração de energia consideradas "limpas".

Para Montebourg, "esta aliança está garantida pela entrada do Estado na direção da Alstom". A carta do ministro já está sendo examinada pela Immelt e pela cúpula da GE, informaram fontes da empresa americana.

publicidade

Tags: frança ge alstom
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade